Cultura

Estudante Quilombola do município de Guimarães fará intercâmbio cultural de seis meses em Córdoba, na Argentina.

Vida e obra da primeira romancista brasileira, a maranhense Maria Firmina dos Reis serão divulgados no exterior por meio de projeto de intercâmbio cultural

Legenda: Prefeito de Guimarães, Orlando Gomes, a assessora especial da Secretaria de Estado de Educação, Thaina da Cunha Pachêco, e o diretor da Via Mundo, Antonio Bacelar, na assinatura do convênio. 

Na primeira reunião presencial entre representantes da Via Mundo, Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Prefeitura de Guimarães,  Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e Inspirar Inovação & Comunicação foram definidos os critérios para a seleção da estudante quilombola que embarcará para Cordoba, na Argentina, por meio da Bolsa de Intercâmbio Maria Firmina dos Reis. O projeto pedagógico cultural, que integra as diretrizes de Responsabilidade Social da Via Mundo e da agência argentina Eduquality, é focado no resgate, preservação e visibilidade da primeira romancista brasileira, a poeta maranhense Maria Firmina dos Reis. Na ocasião foi formalizado, via assinatura, o convênio entre as instituições. 

O projeto encaminhará uma estudante quilombola do município de Guimarães para realizar intercâmbio cultural de seis meses em Córdoba, na Argentina. O município maranhense, por sua vez, receberá um (a) estudante da Argentina para intercâmbio cultural. A proposta é que ambos os intercambistas sejam embaixadores de suas culturas nos países receptivos. 

O diretor da Via Mundo, Antonio Bacelar, disse que há 21 anos a agência atua como empresa cidadã. “Essencial é colaborar para o resgate, manutenção e disseminação de pessoas importantes pelo seu trabalho e obra literária, como Maria Firmina dos Reis”. A poeta, professora, folclorista e primeira romancista brasileira denunciou a condição crítica e o cenário de desigualdade vivido pelos escravizados e pelas mulheres no século XIX. Isso tudo em uma época em que a educação feminina era restrita aos cuidados com a casa e com a família. 

Processo seletivo
O processo de seleção da estudante quilombola será dividido em três etapas: seleção pelo corpo de professores das Escolas de Guimarães, tendo como critério as notas, a desenvoltura, interatividade nas aulas e a última etapa com entrevista com a equipe multidisciplinar do concurso. 

Para o prefeito de Guimarães, Osvaldo Gomes, é um orgulho pra nós, vimarenses, termos a obra e o trabalho de Maria Firmina dos Reis. “Em 2007 organizamos a Semana Literária Maria Firmina dos Reis foi um marco para o resgate e divulgação da obra e do trabalho como professora da primeira romancista brasileira”. Como educadora, Maria Firmina, fundou uma escola mista (para meninos e meninas) no Maranhão, a primeira do estado e uma das primeiras do país, no início da década de 1880. “A crítica à escravidão chega a ser literal: em uma passagem, a protagonista diz que o regime “é e sempre será um grande mal”, finalizou Osvaldo. 

Para a assessora especial da Secretaria de Estado de Educação, Thaina da Cunha Pachêco, a Bolsa Maria Firmina dos Reis, comunga com as diretrizes educacionais da SEEDUC. “É justamente esse tipo de experiência, de vivência, essa troca intercultural que queremos oportunizar, que acreditamos que é possível fazer isso. Toda essa visibilidade e credibilidade aos nossos alunos, eles são os jovens protagonistas dessa história”, afirmou. A Via Mundo mantém parceria com o Governo do Maranhão, sendo responsável pela execução dos programas de internacionalização da educação de alunos da rede pública estadual. Entre eles: Iema no Mundo, Mundo no Iema e o Cidadão do Mundo, no qual já foram enviados mais de 300 estudantes de escolas públicas para fazerem intercâmbio no exterior.  

Estratégias de Comunicação

O projeto começou a ter vida e a criar forma a partir da ida do diretor da Via Mundo , Antonio Bacelar, que em uma viagem  de lazer a Guimarães teve a grata surpresa de se deparar com a imensa riqueza natural , cultural e histórica da cidade, casados com o interesse pessoal pela obra e legado de Maria Firmina dos Reis, interesse compartilhado pelo prefeito da Cidade e pelo  Secretário de Turismo e Cultura..

Um projeto pedagógico-cultural que despertou o interesse das jornalistas Yndara e Franci Monteles , da Inspirar Comunicação, que atua também com povos e comunidades tradicionais por meio da comunicação comunitária. Na segunda das ações foi mapeado, por meio das estratégias de comunicação, o potencial turístico de Guimarães dividido nos eixos: Literário (Maria Firmina dos Reis), Religioso (a devoção a Nossa Senhora de Guadalupe), Belezas Naturais (praia de Araoka e Cumã), e Cultural (comunidades quilombolas como Damásio). “Fizemos uma imersão cultural pela história da cidade e identificamos excelentes histórias para serem contadas”, enfatizou Franci Monteles, jornalista. 

O relacionamento com a mídia foi fortalecido por meio das diversas matérias produzidas e veiculadas em jornais, televisões e sites do Maranhão. “Foi preciso escutarmos as histórias e conhecermos os lugares por onde Maria Firmina passou para contar essas histórias com tanta precisão”, afirmou Yndara Vasques, jornalista. 

A próxima etapa do projeto é o retorno, em maio, da equipe multidisciplinar da Bolsa de Intercâmbio Maria Firmina dos Reis para o processo seletivo e a apresentação da história de Guimarães ao parceiro argentino do projeto, os representantes da Eduquality. Para a comunicação será o momento de apresentar Guimarães para o público da cidade de Cordoba, produzindo material jornalístico para os argentinos. 

Incentivo ao Turismo de experiência

A vida e obra da ilustre moradora Maria Firmina dos Reis, a primeira romancista brasileira, é inspiração também para o município de Guimarães, a 200 km de São Luís, apostar na cultura, história, literatura e nas belezas naturais para desenvolver o turismo de experiência focado também na internacionalização do destino. O municipio possui um potencial turístico que reúne manifestações culturais, história, religiosidade, ancestralidade, culinária regional e belezas naturais com praias e rios belíssimos. Além da Bolsa Maria Firmina dos Reis será lançado em breve, o Circuito Poético Cultural Maria Firmina dos Reis, um roteiro cultural que inclui passeios a pé pela cidade e um circuito de bicicleta nas comunidades quilombolas, incluindo a de Damásio e fazenda Três Rios.

Mais em Cultura


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!

Curta nossas páginas nas redes sociais
e compartilhe nosso trabalho

Prefeitura Municipal de Guimarães

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUIMARãES

Endereço: Rua Dr. Urbano Santos, nº 214 \ Centro \ GUIMARÃES - MA \ CEP: 65255000

Horário de atendimento: 08:00 às 13:00

Contato: (98)98560-0841