Assistência Social

Famílias atendidas pelo Programa Criança Feliz são acolhidas em Cumã

Foi realizada no ultimo dia 26 de março, no auditório do Centro de Ensino Juliana Cunha Bastos, em Cumã, a ação de acolhida das novas famílias contempladas pela expansão de metas do Programa Criança Feliz em Cumã.

Ação parecida foi realizada no ultima dia 21 de fevereiro na Sede, no auditório da Colônia de Pescadores, tendo em vista a expansão do programa no município de Guimarães, com o acompanhamento de mais cem famílias, completando duzentas no total. Em janeiro 2017, quando da adesão do município ao Programa, considerando o nosso porte populacional, havia a meta de 100 crianças ou gestantes que estariam sendo acompanhadas pelo Programa Criança Feliz.

Segundo explicou a Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Comunitário Fernanda Cardoso, no decorrer desses dois anos, os municípios que conseguissem atender suas metas de atendimentos, seriam contemplados com a expansão do Programa, foi o que ocorreu com o município de Guimarães. Nesse caso, serão mais cem  crianças ou gestantes acompanhadas, totalizando duzentas metas a partir de agora.

O aumento das metas era condicionado em expandir por um valor igual ou aquele que se achasse interessante: “estamos agora com 200 metas, com sete visitadores, e isso distribuídos por todo o território do município de Guimarães, em todos os setores do município, sendo que sede e Cumã concentram  a maior parte das metas”, explicou Fernanda Cardoso, destacando também que a ação da acolhida realizada no dia 21 de fevereiro na Sede e dia 26 de março em Cumã, foi o de dar boas vindas às famílias que entraram agora no programa, explicando o que era, para que serve, apresentando a equipe do programa e fazendo esse momento de inicio de trabalho.

O Programa Criança Feliz tem como objetivo promover o desenvolvimento humano a partir do apoio e acompanhamento integral na primeira infância, com a realização de visitas periódicas a famílias que são beneficiadas pelo Bolsa Família e que possuem bebês ou crianças de até três anos de idade, orientando os pais sobre a maneira correta de estimular o desenvolvimento dos filhos, principalmente, nos primeiros mil dias de vida.

Mais em Assistência Social


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!