Saúde

Prefeitura promove ações referentes ao Agosto Dourado: o mês do aleitamento materno

A prefeitura de Guimarães, por meio da Secretaria Municipal de Saúde promove entre os dias 27 e 30 de agosto nas Unidades Básicas de Saúde, ações relativas ao aleitamento materno.

Assim como o Outubro Rosa lembra a importância da prevenção do câncer de mama e o Novembro Azul foca na atenção ao câncer de próstata, o Agosto Dourado é dedicado à amamentação. Instituído no Brasil em 2017por meio da lei número 13.435o mês celebra o leite materno como alimento de ouro para a saúde dos bebês.

A amamentação traz benefícios que vão além dos aspectos nutricionais. É um momento único de ligação entre mãe e filho. É para conscientizar sobre a importância do aleitamento materno desde as primeiras horas de vida, que as equipe da Secretaria de Saúde de Guimarães, juntamente com profissionais do Núcleo de Apoio à Família (NASF) estarão reforçando e incentivando a prática do aleitamento materno em todas as UBS do município.

O dourado faz alusão à definição da OMS (Organização Mundial da Saúde) para o leite materno: alimento de ouro para a saúde das crianças. Desde 1992, o planeta celebra a Semana Mundial de Aleitamento Materno, entre os dias 1 e 7 de agosto. Para marcar a 25ªSemana Mundial da Amamentaçao  em 2017, o Congresso Nacional Brasileiro instituiu, por meio da lei número 13.435, o Mês do Aleitamento Materno: o Agosto Dourado.

Em todo o mundo, apenas 38% das crianças são amamentadas. Conforme a Organização Mundial da Saúde, a meta global a ser atingida até 2025 é de que pelo menos 50% dos lactentes recebam o aleitamento materno até o sexto mês de vida da criança. Estudos comprovam que a amamentação é capaz de salvar a vida de cerca de 13% das crianças, menores de 5 anos, em todo o mundo. As crianças amamentadas têm menos diarreias, doenças respiratórias, otites, e menos chances de, no futuro, desenvolver doenças como obesidade e diabetes. Além disso, ao sugar o peito, o bebê tem o desenvolvimento mais harmonioso. O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os dois anos de idade ou mais, com aleitamento exclusivo nos primeiros 6 meses, sem necessidade de sucos, chás, água e outras fontes de líquidos ou sólidos.

Mais em Saúde


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!